top of page

Instituído pela APAVT: Dia Nacional do Agente de Viagens celebra-se a 30 de maio

A data escolhida para o Dia Nacional do Agente de Viagens, 30 de maio, com o qual se pretende prestar homenagem a estes profissionais, promover a profissão e valorizar o setor aos olhos do público, coincide com a data da fundação da própria APAVT. Estão previstas várias ações, como o lançamento de um microsite.


A ser celebrado este ano pela primeira vez, o Dia Nacional do Agente de Viagens vai a partir de agora marcar o calendário dos profissionais do setor, instituído que foi, pela APAVT, o dia 30 de maio para a sua celebração. “Promover a profissão, valorizar o setor das agências de viagens e consciencializar o público sobre a importância destes profissionais para o turismo em Portugal”, foram os objetivos que presidiram à instituição desta data comemorativa, conforme sublinha a APAVT em nota à imprensa.

O dia 30 de maio será, aliás, de celebração dupla uma vez que coincide com a data de fundação da APAVT, corria o ano de 1950. “A escolha deste dia pretende juntar o setor numa grande celebração do seu papel crucial para a dinamização da economia portuguesa e para a boa imagem do país no mundo”, afirma a Associação.

A data será assinalada com um conjunto de ações, a anunciar proximamente, entre as quais se incluirá um arraial no dia 28 de maio, em local a anunciar, bem como com o lançamento de um microsite do Dia Nacional do Agente de Viagens. Ali serão apresentadas as vantagens em recorrer a estes profissionais, além de um vasto conjunto de ofertas especiais, por parte dos associados da APAVT, que complementarão os festejos deste dia.


Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, defende que “os agentes de viagens têm sido parte fundamental do grande desenvolvimento que o turismo português verificou nos últimos anos, sendo, hoje, amplamente reconhecido no mundo inteiro. Ao ajudar os portugueses a viajar e ao acolher turistas de todo o mundo, estes profissionais contribuem para o crescimento económico e promovem, em Portugal, um espírito de abertura e de pluralidade que tanto nos orgulha”. Por isso, afirma, “este dia é uma homenagem e um justo reconhecimento, dentro do setor, pelo trabalho notável que estes profissionais têm desenvolvido em prol do turismo português”.

“Não raras vezes têm sido, também, heróis anónimos, colocando o seu conhecimento à disposição de causas humanitárias e de interesse nacional. Recordo, por exemplo, o espírito de solidariedade, empenho e dedicação quando, durante a pandemia de 2020, muitos agentes de viagens ajudaram a repatriar turistas portugueses, mesmo não sendo seus clientes, para assegurar que chegavam em segurança a Portugal”, acrescenta o presidente da associação.


A APAVT realça que os agentes de viagens têm contribuído, também, para a democratização da experiência de viagens em Portugal. “Desde a criação da primeira agência, em 1840, estes profissionais têm-se estabelecido por todo o território nacional, atuando como ponte entre os cidadãos portugueses e a exploração turística do mundo. Devido ao seu conhecimento altamente especializado, os agentes de viagens prestam um importante aconselhamento e garantem maior segurança na experiência de viagem, possibilitando a imersão em novas culturas, tradições e formas de vida, e contribuindo para um maior diálogo intercultural”.


4 visualizações

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page