top of page

Barcelona vai cobrar mais aos turistas a partir de Outubro – veja quanto vai pagar

A cidade catalã anunciou mais uma medida para tentar reduzir o número de visitantes. O objectivo é atrair “turismo de qualidade”.



Espanha está prestes a ultrapassar a França como o destino mais visitado do mundo nos próximos 15 anos – mas o país não está a receber a notícia de braços cruzados.

Uma das suas cidades mais populares, Barcelona, anunciou uma série de medidas para combater o excesso de turismo, incluindo uma proibição total de alojamento local. Mas a capital catalã não vai parar por aí.

Apesar de ter aumentado recentemente a sua taxa turística de 2,75€ para 3,25€ no dia 1 de Abril, já há planos para a aumentar novamente. Em Outubro, a taxa turística de Barcelona subirá para 4€.

Então, como funciona a taxa e quando é preciso pagá-la? A primeira coisa a saber é que, tecnicamente, existem duas taxas que tem de pagar se estiver a visitar Barcelona.

A taxa turística regional é cobrada com base no tipo de alojamento em que está hospedado. Se estiver num hotel de luxo, isso custará um extra de 3,50€ por noite; num Airbnb, serão apenas 2,25€ (embora possa dizer adeus aos arrendamentos de curto prazo a partir de 2028).

A taxa municipal – que é a que vai aumentar no Outono – é uma taxa fixa que se aplica a quem fica hospedado durante a noite em Barcelona, e é cobrada por um período de até sete noites. Assim, após Outubro, se ficar num alojamento de cinco estrelas por sete noites, pagará um total de 52,50€ (são 3,50€ por noite da taxa regional e 4€ por noite da taxa municipal).

A decisão foi votada pela câmara municipal. As autoridades esperam que a taxa fomente o “turismo de qualidade”, em detrimento de um número elevado de visitantes, que actualmente é de cerca de 32 milhões por ano.

O outro benefício é, claro, o dinheiro extra. O aumento da taxa municipal deverá aumentar a receita anual de 95 milhões de euros para 115 milhões de euros, e os fundos servirão para financiar infra-estruturas da cidade: pense, por exemplo, em melhorias nas estradas e nos serviços de autocarros.

Embora isso possa parecer um aumento bastante rápido (a taxa de Barcelona é uma das que mais cresce na Europa), as autoridades municipais já haviam avisado em 2022 que planeavam aumentá-la ao longo do período de dois anos.

21 visualizações

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page